“A porta de entrada do conhecimento.”

Quando alguém se alfabetiza percorre uma longa trajetória que marca o início e a evolução de seu contato com a língua escrita.

LEMBRE-SE: CADA CRIANÇA TEM O SEU TEMPO.

A ortografia, o espaçamento e outras convenções da escrita serão assimilados ao longo do processo. É muito importante que a família trabalhe interagindo com a escola. O entrosamento é fundamental.

Num ambiente alfabetizado em que, frequentemente, observa os pais utilizando a língua escrita – nas listas de supermercados, feiras, talões de cheques, recados, lembretes – e participa das conversas em família, a criança tende a construir uma relação positiva com a linguagem.

É na prática interacional que a criança vai se constituindo como sujeito.

Os alunos fazem intensas trocas de informações e estão compartilhando o que acontece dentro e fora da escola. Aqui, o papel do professor é criar situações de aprendizagem e acompanhar a atuação de cada aluno.

A criança precisa sentir a necessidade de registrar para se comunicar com os outros e valorizar a ortografia, convenção necessária para a leitura entre todos os falantes de uma mesma língua. A produção de texto pode ser feita pela criança, pela professora e pela família desde os primeiros dias de aula. Nesse caso, a escrita espontânea da criança será acompanhada de sua “leitura”.

Acompanhar a criança diariamente nas suas tarefas escolares é fundamental para seu aprendizado.

Em cada dia de aula, é passado um trabalho para casa e este deverá ser feito naturalmente, sem ameaças nem exigências de “letra bonita”. Normalmente, a família tem muita ansiedade e compara os coleguinhas de turma. “Muita calma nessa hora”. Cada criança tem o seu ritmo próprio. Comparar é um grande erro. A arrumação da mochila é imprescindível para a criança usar o material correto do dia. A família, enquanto estiver organizando a mochila, deve chamar a criança para participar deste processo.

TODO DIA TEM UMA NOVIDADE NA SALA DE AULA, ASSIM É IMPORTANTE QUE A CRIANÇA NÃO FALTE.

5º ano preparatório

Sempre em busca da excelência e sintonizada com as exigências das Escolas Técnicas e Militares, além dos vestibulares, nossa Instituição realiza, com grande êxito, um trabalho pioneiro na turma de 5º ano preparatório

Visamos proporcionar àqueles que pretendem uma vaga – cada vez mais difícil – nestas escolas, o embasamento ideal para os alunos que em futuro próximo estarão dirigindo os destinos de nossa nação.

O trabalho didático aprofundado nestas séries se faz necessário em virtude do elevadíssimo nível de cobrança nos concursos a que serão submetidos ao término do Ensino Fundamental I e, sendo o caso, nos vestibulares.

Nossos alunos, já nesta série, diferentemente de outras escolas, têm aulas de Álgebra, Aritmética e Geometria, com professores especializados em cada disciplina.